logo bannerInformationAcademicsathleticfaq



O QUE É ESCOTISMO ?
O Escotismo é um Movimento Educacional de jovens, com a colaboração de adultos, sem vínculos político-partidários, que valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, raças e crenças, de acordo com os Princípios e o Método Escoteiro.

A MISSÃO DO ESCOTISMO ?

Contribuir para a educação dos jovens, por meio de um sistema de valores baseado na Promessa e na Lei Escoteiras, para ajudar a construir um mundo melhor onde as pessoas se realizem como indivíduos e desempenhem um papel construtivo na sociedade.

QUE PRINCÍPIOS ORIENTAM O MOVIMENTO ESCOTEIRO ?
Os Princípios do Escotismo são definidos na Promessa Escoteira, esta sintetiza o embasamento moral do Movimento Escoteiro. No momento da Promessa, os membros do Movimento se comprometem, voluntariamente, a se conduzir de acordo com a orientação moral do Movimento, reconhecendo a existência de deveres que devem ser cumpridos:

1. Dever para com Deus – A adesão a princípios espirituais e vivência ou busca da religião que os expresse, respeitando as demais.
2. Dever para com o próximo – A relação e a responsabilidade de uma pessoa para com a sociedade em seu sentido mais amplo : sua família, sua comunidade local, seu país e o mundo, incluindo o respeito pelos demais e pela natureza.
3. Dever para consigo mesmo – A responsabilidade de uma pessoa por desenvolver seu próprio potencial, até o máximo que lhe permitam suas potencialidades

A PROMESSA ESCOTEIRA
A Promessa é um compromisso voluntário de cumprir a Lei Escoteira, feito diante de si mesmo, dos demais e de Deus. As palavras em que ela se expressa e seus conceitos são bem simples, e externam o compromisso de uma forma muito próxima daquela que naturalmente seria escolhida por um jovem.
“PROMETO PELA MINHA HONRA FAZER O MELHOR POSSÍVEL PARA CUMPRIR MEUS DEVERES PARA COM DEUS E MINHA PÁTRIA, AJUDAR O PRÓXIMO EM TODA E QUALQUER OCASIÃO E OBEDECER À LEI ESCOTEIRA.”

A LEI ESCOTEIRA
A lei expressa de forma ordenada os valores propostos no Projeto Educativo. A Lei é uma proposta, e não uma imposição. É uma proposta inteiramente positiva, não arbitrária, escrita em uma linguagem próxima a dos jovens.

1. O ESCOTEIRO TEM UMA SÓ PALAVRA; SUA HONRA VALE MAIS DO QUE A PRÓPRIA VIDA.
O escoteiro é uma pessoa digna de confiança. Uma pessoa é digna de confiança quando seus atos e palavras são coerentes com sua vida interior. O homem ou a mulher em que se pode confiar diz o que crê e crê naquilo que diz.
2. O ESCOTEIRO É LEAL.
A lealdade é a crença ativa na constância de nossos valores. É uma consagração consciente, prática e completa a uma causa e, também, aos vínculos estabelecidos com as pessoas, como depositárias de valores comuns.
3. O ESCOTEIRO ESTÁ SEMPRE ALERTA PARA AJUDAR O PRÓXIMO E PRATICA DIARIAMENTE UMA BOA AÇÃO.
Viver em sociedade é muito mais do que coexistir, é um convite a conviver de maneira construtiva, desenvolvendo o melhor do nosso esforço para construir nossa felicidade e para ajudar os outros na construção de sua própria felicidade. Acreditamos que o convite a compartilhar com os outros se manifesta de forma plena no serviço ao próximo.
4. O ESCOTEIRO É AMIGO DE TODOS E IRMÃO DOS DEMAIS ESCOTEIROS.
Quem compartilha descobre que nós todos temos algo a dizer, que nós todos necessitamos de espaço por meio dos quais possamos nos manifestar, que todos merecemos ser respeitados e apreciados. Quem é capaz de ser amigo de todos e irmão dos demais escoteiros vive a tolerância, pratica a amizade e cultiva o amor.
5. O ESCOTEIRO É CORTÊS.
Se cortês é ser amável de verdade, desde o interior, sem artifícios nem poses. A amabilidade real, persiste e transforma as pessoas, porque é uma disposição profunda da alma.
6. O ESCOTEIRO É BOM PARA OS ANIMAIS E AS PLANTAS.
Por ser bom com animais e as plantas, o escoteiro protege a vida e a natureza. Ser bom com os animais e as plantas é o mesmo que viver de acordo com uma ética de respeito a vida pelo que ela é.
7. O ESCOTEIRO É OBEDIENTE E DISCIPLINADO.
Para o escoteiro, ser obediente e disciplinado significa se organizar e não fazer nada pela metade. O escoteiro organiza a sua vida porque valoriza o trabalho em equipe e entende que no cumprimento dos compromissos assumidos entre todos reside o êxito de qualquer tarefa.
8. O ESCOTEIRO É ALEGRE E SORRI NAS DIFICULDADES.
A vida precisa ser enfrentada com alegria e boa disposição de espírito. A alegria nos torna mais lúcidos e mais amáveis, porém a alegria de viver não impede que encaremos com seriedade nossas obrigações e relações.
9. O ESCOTEIRO É ECONÔMICO E RESPEITA O BEM ALHEIO.
Porque valorizamos o ser humano e respeitamos os sonhos e as utopias dos milhões de homens e mulheres que se esforçam a cada dia, nós valorizamos o trabalho como um bem. E porque , como os outros bens, são o resultado do esforço humano, nos empenhamos por respeitá-los.
10. O ESCOTEIRO É LIMPO DE CORPO E ALMA.
Esta última proposta da Lei nos convida a um exame de consciência, a que nos questionemos constantemente sobre o quanto de integridade existe em nossa alma, no que pensamos, no que dizemos e no que fazemos.

O LEMA
O lema dos escoteiros está estreitamente ligado à promessa. “SEMPRE ALERTA” é quase um grito, uma voz de alerta, uma evocação da Promessa, pelo qual os jovens lembram a si mesmos que assumiram um compromisso com a Lei Escoteira.

MÉTODO ESCOTEIRO
O Método Escoteiro é o instrumento que o Movimento Escoteiro utiliza para conseguir seu enfoque específico na educação dos jovens, ele é composto pelo conjunto dos seguintes pontos:
1. Aceitação da Promessa e da Lei Escoteira – Todos os membros assumem, voluntariamente, um compromisso de vivência da Promessa e da Lei Escoteira;
2. Aprender fazendo – Educando pela ação, o Escotismo valoriza: o aprendizado pela prática, o treinamento para a autonomia, baseado na autoconfiança e iniciativa, e os hábitos de observação, indução e dedução;
3. Vida em equipe, denominado “Sistema de Patrulhas”, incluindo: a descoberta e a aceitação progressiva de responsabilidade, a disciplina assumida voluntariamente, e a capacidade tanto para cooperar como para liderar;
4. Atividades progressivas, atraentes e variadas, compreendendo : jogos, habilidades e técnicas úteis, vida ao ar livre, interação com a comunidade, mística e ambiente fraterno;
5. Desenvolvimento pessoal com orientação individual considerando : a realidade e o ponto de vista dos jovens, a confiança nas potencialidades de cada jovem, o exemplo pessoal do adulto, e seções com número limitado de jovens e faixa etária própria.

footer

 

www.000webhost.com